CADA POEMA É UM FRAGMENTO DO POEMA GERAL QUE QUINTANA VEIO COMPONDO
DURANTE TODA A SUA VIDA

terça-feira

IDEAIS




Os outros meninos, um queria ser médico, outro pirata, outro engenheiro, ou advogado, ou general. Eu queria ser um pajem medieval... Mas isso não é nada. Pois hoje eu queria ser uma coisa mais louca: eu queria ser eu mesmo.
Sapato Furado, 1994
                                                             Foto Agência Estado.

2 comentários:

Dilmar Gomes disse...

Amigo Bernando, uma coisa é certa, nosso poeta foi ele mesmo!
Um abração. Obrigado por nos brindar com essas pérolas do Quintana.

Bernardo disse...

Caro Dilmar

Grato pela visita e pelas palavras sempre carinhosas.