CADA POEMA É UM FRAGMENTO DO POEMA GERAL QUE QUINTANA VEIO COMPONDO
DURANTE TODA A SUA VIDA

segunda-feira

O LIVRO DA VIDA

Mario em seu quarto - Foto Liane Neves

Comparar a vida com um livro é uma das imagens mais batidas. Que importa? Novidade não é documento. Mas que ansiosa leitura, que suspense. Por que pode terminar sem mais nem menos, às vezes em meio de um capítulo, de uma frase...e, assim, a gente tem que saborear linha por linha, minha filha, para fazê-lo render o mais possível: nada de leitura dinâmica.
In: PREPARATIVOS DE VIAGEM

4 comentários:

Quintana é para sempre disse...

E por aqui passei para deixar meu abraço e, junto meus melhores votos de um Lindo e Feliz Natal.
Beijos.
Estela

Rodrigo Rocha disse...

Bernardo passei para conhecer seu blog ele é notº10, show, espetacular, muito maneiro com excelente conteúdo você fez um ótimo trabalho desejo muito sucesso em sua caminhada e objetivo no seu Hiper blog e que DEUS ilumine seus caminhos e da sua família
Um grande abraço e tudo de bom

A wild blumen disse...

Lendo o post e vendo a foto sinto o poeta tão perto do meu coração! Obrigada por criar este momento maravilhoso, e que seu final de ano seja cheio de harmonia e paz e que o ano novo lhe traga saúde, prosperidade e tudo que mais desejar.

Tais Luso disse...

Oi, Bernardo, nada mais certo do que este 'livro da vida'. Jamais tinha pensado que pode ser interrompido... E lemos saboreando, chegará o dia que nada mais leremos. Então, por que tanta pressa?
Este poeta... Sempre me surpreende.

bjs.